Chega de ser (só) princesinha cor de rosa!

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=eyTQDX-ItiM&w=560&h=315]

Está na hora de libertar as nossas meninas dos corredores cor de rosa das lojas de brinquedos e das roupinhas de bailarina, vocês não acham? Nós também. Essa empresa, a Goldie Blox  propõe que meninas e meninos tenham as mesmas opções de brinquedos divertidos, que estimulem o pensamento criativo e a resolução de problemas.

O Goldie Blox, é um brinquedo criado por uma engenheira da Universidade de Stanford, com o objetivo de quebrar o estereótipo de que brinquedos científicos são para meninos. Além de vir com um livro de histórias, ele permite  que crianças de 5 a 8  anos possam criar 14 desenhos diferentes, utilizando as rodas, eixos, manivela, e fita incluídos no kit.

Veja mais sobre o Goldie Blox nesse vídeo:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=y-AtZfNU3zw&w=560&h=315]

As meninas do anúncio podem ser construtoras, engenheiras, pilotos, pensadores, princesas, e podem se vestir da forma como quiserem, assim como escolher os brinquedos que quiserem. Não é de chorar!? Lindo! Nossas garotas certamente merecem mais, muito mais!

Kathy

Kathy

Jornalista, sonserina, lannister, malkaviana, dobradora do reino da Terra, distrito 3. Transmito o legado nerd ao meu rebento, Samuel, que, pobrezinho, já reclama que ninguém da escola sabe quem é Sauron e nem fazem ideia do que significa conjurar um patrono.
Kathy

Talvez você goste de:

  • Raquel

    Eu achei demais!!!!!!!!!!!!!!!!!! Adoro o blog de vocês… arrasaram!!! Quel

    • kathy

      Obrigada, Raquel!! Um beijo!

  • Cara, queria muito que na minha época houvesse mulheres fazendo isto, de mostrar que todas as crianças têm o direito de brinca/ser o que quiser. Eu, de pequena, amava todas as brincadeiras “de meninos” e levava cada bronca por causa disso afff. Adorei o post. Um beijo

    • kathy

      Eu também curtia, e hoje vejo que meu filhote também tem interesse por brincar de comidinha por exemplo, e gosta de bichos de pelúcia e de assistir um programa considerado mais “feminino” (a série Violetta, da Disney). Qual o problema, afinal, né? É mais na cabeça dos adultos do que dos pequenos, certamente. Beijos!

  • Nossa, genial!!
    Amei e quero muuuito um desse para minha pequena que, aos 2, se interessa muito mais pelos brinquedos do irmão mais velho, que tem 6…
    Vou super compartilhar!!!

    • kathy

      Acho lindo os irmãos poderem compartilhar brinquedos “de menino” e “de menina”. Muitas possibilidades a mais, né? Um beijo!

  • Fernanda

    É triste que o mundo hoje seja tão sexista…eu e minha irmã sempre brincamos de carrinho e skate com meu irmão mais velho…tínhamos bonecas e princesas, com as quais meu irmão também brincava…jogávamos videogame e montávamos Lego, nunca houve qualquer distinção quanto ao sexo, cores ou atividades tanto que eu e minha irmã não gostávamos de rosa, preferíamos azul, verde, amarelo e vermelho. Resultado: sou Engenheira e a única da minha turma a construir Rodovias!
    Parabéns pelo debate e pelo vídeo que é fantástico!
    Fernanda

    • kathy

      E hoje em dia até o Lego tem kits “femininos”. Na minha época de criança só havia um kit genérico, era bem mais legal!

  • Conheci o blog por recomendação da Cientista que virou mãe e adorei, adorei, adorei!! Video lindo!!! Sermos só princesas é muito pouco mesmo!!

    • kathy

      Também achamos, tomara que a nova geração de princesas saiba que pode ir muito mais além. Um beijo!

  • Sou mãe de menino mas adorei a proposta, e pq o meu filho tbm não pode gostar de coisas cor de rosa né? vai saber!

  • Anônimo

    Amei… no primeiro video eu vi minha filha ai… igualzinho, totalmente moleca.

  • Pingback: Mais uma da Goldieblox – Don’t underestimate Girls! | Pac Mãe()

  • Pingback: Mãe faz fantasias de mulheres poderosas para filha de 5 anos com doença incurável | Pac Mãe()

  • Pingback: Goldieblox lança boneca construtora e ataca Barbie em anúncio | PacMãe()

  • Pingback: #playlikeahero | Goldieblox lança vídeo substituindo heróis de ação por bonecas - Pac Mãe()