Esquadrão Suicida | Por que gostamos tanto dos vilões?

Suicide-Squad-2016-Task-Force-X-Movie-Characters-HD-Wallpaper-900x563

Os suicidas: El Diablo, Crocodilo, Pistoleiro, Arlequina, Rick Flag, Encantadora (ou Magia), Katana, Capitão Bumerangue e Amarra

Está ali na minha descrição: malkaviana, lannister, sonserina e essas três palavrinhas falam muito sobre minhas predileções dentro do universo da cultura pop.

Admiro a loucura, a genialidade e a insanidade dos, muitas vezes incompreendidos, vampiros malkavianos, clã de personagens do RPG Vampiro: a Máscara. Adoro também a inteligência, a frieza e ambição, muitas vezes com pitadas de soberba, egoísmo e maldade, dos Lannisters – de Game of Thrones – e dos membros da casa Sonserina, de Harry Potter.

Tenho ainda, assumo, um fraco por anti-heróis, pelos mais incompreendidos, pelos párias, pelos personagens carregados de imperfeições, culpas e falhas. Sabendo de tudo isso vocês podem imaginar o quanto eu vibrei com as notícias sobre o filme Esquadrão Suicida, que deve estrear em agosto de 2016.

Afinal, a história fala exatamente sobre eles: os incompreendidos, os insanos, frios e ambiciosos. Os egoístas, os malvados: os vilões!

Acho muito legal o fato da maioria dos personagens não terem super poderes, (com exceção, se não me engano, da Encantadora e de El Diablo), mas sim grandes habilidades. Também acho o máximo eles meio que se odiarem, serem difíceis de controlar e, digamos, não se preocuparem muito com o fator “ética”.

Eles são, como diz Amanda Waller – outra personagem, aliás, cujas característica se encaixam perfeitamente nas minhas predileções – no trailer de Esquadrão Suicida: ‘the worst of the worst’. Só pra não perder o gancho Amanda: poxa, que pena que escolheram representá-la na “versão magra”. Representatividade mandou um beijaço!

Momento mini-polêmica: Apesar de amar os malkavianos com todo o meu coração eu tenho lá minhas restrições com os irremediavelmente insanos do grupo do filme – Arlequina e Joker (esse último, aliás, sequer faz parte do tal esquadrão, deve estar no filme por conta da dupla imbatível com nossa querida Harley).

Sim, eu curto a moça e o histórico de ambos, mas não gosto da forma como o coringa trata a sua “companheira de aventuras” (sou #teamHeraVenenosa) e “garrei ódio” do personagem depois daquela capa polêmica da Batgirl – referência a Piada Mortal.

Não é dessa capa que estamos falando, okay? essa é legal! 🙂

Além disso, emburrei com as mil fotos da bunda da Margot Robbie, atriz que interpretará Arlequina no filme (que no trailer, aliás está DIVINA em todas as cenas, principalmente fazendo suas acrobacias ao som de “I started a joke” *____*). Também me dão sono as forçadas de barra e jogadas de marketingzzzZZZzz em cima do Jared Leto – que interpretará o Joker e fica pagando de maluco versão quinta série na vida real também. Aliás, espero que EU pague minha língua com relação à atuação dele, sério! #sddsHeathLedger

Mas, porém, contudo, entratanto, o trailer me chamou muito a atenção pro Pistoleiro, somente porque – momento guilty pleasure – eu adoro o Will Smith, AND para Encantadora (ou Magia, a depender da tradução), personagem que eu confesso que não conhecia e logo corri para procurar tudo sobre ela!

 

Pelo que li sobre a Encantadora dos quadrinhos e o que apareceu sobre ela no trailer, a personagem será mudada. O visual da atriz Cara Delevingne a princípio lembra o de uma garotinha assustada – imagino que nesse caso ela ainda esteja como June Moone – a personalidade original da “vilã” e posteriormente ela aparece com um look todo pesado e meio assustador, que super contrasta com o estilo mulherão/feiticeira da Encantadora dos quadrinhos.

Ah, sim, preciso dizer que ela me lembrou um pouco a Ravena, de Teen Titans – que aliás, também se encaixa no arquétipo de anti-heroína –  o que já ganha meu coração logo de cara.

Que vocês acharam de Esquadrão Suicida? Quem é apaixonado por vilões assim como eu? Qual o seu favorito no grupo? E na cultura pop em geral?

Kathy

Kathy

Jornalista, sonserina, lannister, malkaviana, dobradora do reino da Terra, distrito 3. Transmito o legado nerd ao meu rebento, Samuel, que, pobrezinho, já reclama que ninguém da escola sabe quem é Sauron e nem fazem ideia do que significa conjurar um patrono.
Kathy

Talvez você goste de: