Forma For Fun | Meu filho vai viajar sozinho: e agora? Dicas para mães e pais de primeira viagem!

E não é que esse dia chegou?! Nossos filhotes viajaram sozinhos pela primeira vez! Literalmente nós fomos mães de primeira viagem novamente! 🙂 Acontece que recebemos um convite maravilhoso e imperdível! A equipe da Forma Turismo convidou o Samuel (11 anos), a Alice e o Marco (ambos com 9 anos), nossos BEBÊS rsrs para uma viagem de três dias, para experimentarmos o programa “For Fun – a sua primeira viagem com a galera”. O Benjamin infelizmente dessa vez ficou de fora por conta da idade: ele tem 8 aninhos e o programa For Fun é desenvolvido para crianças entre 9 e 12 anos.

Nossos aventureiros fazendo pose no bagageiro do ônibus antes do embarque!

Assim que a empresa entrou em contato com a gente ficamos super animadas mas ao mesmo tempo cheias de dúvidas e logo marcamos uma reunião para tentar responder todas elas. Fizemos também um post lá na nossa Fanpage pedindo ajuda pra vocês, afinal, só outras mães e outros pais para nos ajudarem nessa angústia misturada com ansiedade e alegria de ver as crianças dando mais um passo sozinhas! Vocês foram maravilhosos, como sempre, e vimos que não somos pessoas tão estranhas por termos tantos questionamentos e receios! Obrigada por nos acolherem e por nos darem a maior força, como sempre!

Baseadas nas nossas dúvidas e e em toda a orientação que recebemos de vocês e da equipe da Forma Turismo elaboramos esse post com algumas dicas para mães e pais que, como a gente, estão encarando ou prestes a encarar pela primeira vez essa aventura de ter os filhos viajando sozinhos!

Já mostramos um pouco da viagem lá no Instagram e fizemos vários Instastories (Não segue a gente? Está perdendo! Corre lá!) mas ainda vamos fazer outro post contando direitinho sobre cada uma das atrações e atividades do For Fun, afinal, além de toda a programação típica de acampamento como caça ao tesouro, arvorismo, trampolim, piscina, brincadeiras e das várias festas como festa a fantasia, festa da espuma, e festa das cores eles ainda conheceram vários Youtubers e personalidades nessa viagem: Malena, Rato Borrachudo, Pac e Mike do Tazercraft, Niina Secrets, Larissa Manoela e Iberê e Mari do Manual do Mundo. Imagina como essas crianças ficaram felizes? Na semana que vem contamos tudinho sobre isso com detalhes e mostramos as fotos todas!

Pra começar, esse é o vídeo promocional da For Fun. Assim que recebemos já ficamos apaixonadas!

ForFun – A sua primeira viagem com a galera from Forma Turismo on Vimeo.

Mas depois do encantamento inicial vieram várias questões que vocês e o pessoal da Forma nos ajudaram a responder:

O que acontece se a criança sentir medo, saudades de casa ou se sentir insegura sozinha?

Pelo que percebemos o mais importante é conversar francamente e explicar para a criança antes mesmo dela viajar que, apesar da distância física, é muito simples e rápido falar com os pais. Uma ligação pode resolver facilmente essa questão se a saudade for incontrolável. Para o Rodrigo Oehlmeyer, que é gerente de monitoria da Forma Turismo, o medo e a insegurança podem fazer parte do processo de independência da criança: “Nesse caso nossa orientação é para que o monitor se coloque desde o começo como a principal referência para o pequeno, criando uma relação de confiança em que juntos poderão superar esse tipo de dificuldade. É muito importante também entender que cada criança é única e tem o seu tempo para se sentir segura.”

O que percebemos na prática é que, apesar de uma certa timidez inicial, as crianças não tiveram medo nenhum e nem se sentiram inseguras em nenhum momento. Pelo contrário! Fizeram amizades rápido, se integraram, conheceram pessoas novas e simplesmente AMARAM os monitores. Acho que nem deu tempo de sentir saudades de casa! Aliás, deixamos aqui um carinho especial para Isa e Under que cuidaram com tanto carinho dos nossos filhos 🙂

Alice com as colegas de quarto (Isabela e Rafaela, filhas da Gisele e da Andreia do blog Mães de Meninas) com a monitora Isa: identificação instantânea!

 

Marco, Samuel e os colegas de quarto com o monitor Under: “o mais divertido!”

O local da viagem é seguro?

Eu sei, a gente detesta pensar nesse tipo de coisa, dá até um calafrio, mas é fundamental essa preocupação com segurança. É importantíssimo verificar se o local é seguro, se há controle de entrada e acesso de pessoas estranhas e se há possibilidade das crianças saírem dos seus quartos sozinhas durante a noite, por exemplo, ou mesmo saírem do próprio local onde ficarão hospedadas. A experiência da empresa e a capacitação dos monitores também é algo a ser verificado e considerado.

Desde as primeiras conversas já sentimos muita confiança na equipe da Forma. Embora o programa For Fun seja uma novidade, a empresa tem 20 anos de experiência e a Forma Turismo é a maior operadora brasileira especializada em viagens para estudantes e esse histórico nos deixou realmente muito tranquilas. O hotel onde as crianças se hospedaram, Atibaia Eco Resort, localizado no interior de São Paulo, foi fechado exclusivamente para receber os passageiros do grupo For Fun. Os monitores acompanharam as crianças o tempo todo, desde o embarque, e ficaram hospedados junto delas no mesmo quarto e além de toda a estrutura do hotel no período noturno a Forma tem uma equipe terceirizada de seguranças que cuidavam dos corredores e entradas e garantiam que tudo corresse bem em todo o hotel.

O Hotel ficou fechado exclusivamente para o grupo For Fun

 

Os monitores ficavam hospedados no mesmo quarto das crianças e acompanhavam o grupo desde o embarque.

Há assistência médica e hospitais próximos?

Outro tema que a gente não gosta nem de cogitar, mas é como fazer seguro de viagem: melhor pensar nisso antes e não ter preocupações depois do que sofrer com imprevistos, certo? É importante ter equipe médica no local e saber quais as opções de hospitais na região da viagem ou do acampamento.

“Para o programa ForFun, a Forma Turismo conta com uma equipe médica que fica disponível 24 horas durante a viagem, além de uma ambulância UTI e carros de apoio à disposição. Caso seja necessário um atendimento clinico mais especifico, o passageiro é encaminhado ao Hospital Albert Sabin, que fica localizado a 10 minutos do hotel Eldorado Atibaia.”, explica Rodrigo.

Foi ótimo saber da estrutura preparada para atender qualquer tipo de imprevisto ou emergência. O Marco, filho da Kristal, foi picado na orelha por uma vespa durante a viagem. Não foi nada de muito grave, ainda bem, mas eles rapidamente entraram em contato com a Kris para informar sobre situação e ele foi atendido e medicado na mesma hora. Nós acompanhamos tudo a distância, fomos recebendo notícias e ficamos bem satisfeitas com o atendimento recebido pelo Marcolino. 🙂

Uma equipe de enfermeiras e médicos fica no hotel, além de uma ambulância UTI 24 horas por dia. sem custo extra. Uma frota de carros de apoio também fica no hotel para qualquer eventualidade.

As crianças tem como ligar pra casa? Teremos notícias sobre e o que eles estão fazendo, se estão comendo bem, participando das atividades?

E se a saudade bater do lado de cá também? Diferente do que acontece em outros acampamentos as crianças que tinham celular puderam ficar com eles durante o For Fun e os pais podiam ligar para eles. “Os pais também receberão fotos via SMS durante as atividades e poderão acompanhar tudo que está ocorrendo na viagem, por meio do blog.formaforfun.com.br. Será disponibilizado um blog para cada quarto.”

Estávamos bem ansiosas para descobrir como funcionaria na prática o controle por meio das pulseiras codificadas, mas funcionou MUITO bem! Nós três recebemos mensagens o tempo todo, mostrando as atividades das crianças e também acompanhando as principais refeições do dia. Achamos legal que pela pulseira era também fácil acessar dados cadastrais e médicos de cada criança rapidamente.

Nós recebíamos via SMS as informações e as fotos de tudo o que as crianças faziam: quando chegaram no hotel, se almoçaram, qual atividade estavam realizando, o que estava acontecendo naquele momento da viagem e ainda recebíamos fotos deles o tempo todo. Acompanhamos também o blog dos quartos atualizado por cada monitor e ainda o Instagram da For Fun e da Forma Turismo que estava sendo atualizadas o tempo todo com fotos e vídeos, inclusive vídeos ao vivo. Era muito tranquilizador receber as fotos e ver os vídeos deles felizes e se divertindo e assim fomos acompanhando tudo o que acontecia no passeio.

Controle no embarque feito por pulseiras eletrônicas – nas pulseiras estão todas as informações sobre a criança

 

É pelo controle das pulseiras que os pais recebem fotos via SMS e informações sobre as atividades realizadas por eles durante a viagem.

No caso de crianças com necessidades especiais, que precisam de medicação ou que tem alguma alergia alimentar, qual a orientação?

Segundo o Rodrigo Oehlmeyer todos esses casos especiais são encaminhados diretamente para a equipe médica, visando estabelecer o melhor caminho para atender cada necessidade. “O hotel dispõe de quartos com acessibilidade e a cozinha está preparada para variação no cardápio quando necessário. O controle de medicação e horário é sempre realizada pela enfermaria.”

Sobre alimentação, temos aqui um parênteses: pelo que vimos nas fotos e pelo que as crianças contaram havia sempre em todas as refeições muita oferta de comida saudável, muita salada, muitas frutas e legumes e opções de sucos em todas as refeições. Porém, percebemos que nos pratos e copos das crianças isso não se refletia muito. O que reinava eram as batatas fritas e os refrigerantes. 🙂

O Samuel tem o hábito de comer muitas frutas e verduras e ele mesmo reparou que os coleguinhas de quarto comiam mais “besteiras” do que coisas saudáveis. A gente sabe o quanto é difícil mudar hábitos alimentares, entendemos que aquele era um momento especial, de descontração e alegria, que rolavam várias festas e ocasiões diferentes e com comidas gostosas como a noite da pizza, por exemplo, mas achamos que se rolasse um incentivo maior da equipe nas refeições principais talvez as crianças pudessem fazer escolhas mais saudáveis durante as refeições. Fica aí a nossa sugestão! 🙂

Noite da pizza, feita pelas próprias crianças. Eles amaram! Que delícia!

 

As opções saudáveis estavam lá, olha só que mesa linda!

 

A gente sabe que é difícil, mas talvez com um empurrãozinho as crianças fizessem escolhas mais saudáveis na hora das refeições. Fica essa sugestão pra equipe da Forma For Fun 🙂

Como é a segurança nas atividades aquáticas? Haverão salva vidas treinados? As crianças podem ter acesso à piscina quando quiserem?

Preocupação que sempre rola, né? Piscina! Água! Crianças sozinhas na piscina sem que a gente possa estar perto cuidando de cada passinho dos pequenos. Mas mais uma vez tudo foi bem sossegado. Claro que é importantíssimo orientar as crianças mil vezes e nós por aqui enchemos os ouvidos das crianças com recomendações, mesmo elas sabendo nadar. Todo cuidado é pouco. Na For Fun todas as atividades aquáticas (mesmo no tobogã, onde nem havia piscina) os salva-vidas particulares estavam presentes. “Todas as atividades aquáticas são monitoradas por salva-vidas capacitados, além dos monitores. As piscinas só abrem em horários específicos conforme a programação”, conta o Rodrigo.

Os salva-vidas acompanharam até mesmo as atividades no tobogã aquático, onde nem havia piscina.

Salva-vidas particulares e piscinas abertas somente em horários de atividades

Qual é a idade ideal para começar a viajar sozinha?

Está mais animado e confiante com a ideia do seu filho ou filha viajar sozinho? Então vamos pensar juntos: a partir de qual idade uma criança se sente segura para uma viagem sem os responsáveis? Os nossos aqui, com idade variando entre 9 e 11 anos, nunca tinham viajado sem ser com os pais ou avós. Foi uma experiência totalmente nova pra gente, mas eles se mostraram super confiantes e tudo deu muito certo. O programa For Fun é voltado para crianças a partir de 9 anos e o Rodrigo nos explicou que não há uma idade “certa”, isso varia muito de criança para criança: “A grande maioria começa criar maior independência e com isso aproveitar melhor a viagem a partir dos 8 anos.” A gente concorda que antes disso é um pouco cedo mesmo!

Aproveitando as festas para dançar muito!

Acho que eles foram em mais festas nessa viagem do que nós durante esse ano todo :p

Crianças tímidas podem ter dificuldades em se enturmar e fazer amizades. Como ajudá-las a se soltar e fazer novos amigos? Os monitores estão preparados para lidar com isso?

É comum que grupos de escolas façam esse tipo de viagem, mas nossos filhotes estavam indo sozinhos. Com isso bateu uma insegurança: será que eles vão conseguir se enturmar com um grupo já formado, que já se conhece e já estuda junto? Logo na primeira reunião já manifestamos essa questão e toda a equipe da Forma For Fun foi unânime em dizer que eles não teriam nenhuma dificuldade de fazer novas amizades.

“Com certeza esse é um dos grandes benefícios desse tipo atividade: a integração social. Os monitores estão totalmente capacitados para lidar com essa situação. São eles que integram as crianças, propondo atividades que promovam um bom relacionamento entre o grupo, respeitando as diferenças e o espaço do próximo. No começo da viagem é necessário um esforço e atenção maior para que haja essa integração, mas ao final de uma viagem dessas o grupo do quarto vira uma grande família.”

Pudemos comprovar essa afirmação do Rodrigo porque nossos filhos voltaram encantados. No luau de despedida todos eles – monitores e crianças – choraram emocionados ao dizerem adeus aos novos amigos que fizeram no For Fun. Nós acompanhamos tudo por vídeos e nos emocionamos de longe também por ver o quanto essa viagem foi inesquecível e importante para eles. Com certeza faríamos tudo novamente e indicamos a todos vocês, pais e mães, que encarem as dezenas de dúvidas e os milhares de receios, procurem empresas experientes e responsáveis que possam proporcionar esse tipo de viagem com toda a segurança necessária e que permitam que seus filhos passem por uma experiência inesquecível como essa.

Aproveitamos para agradecer aqui todo o carinho e acolhimento da equipe da Forma For Fun por confiar em nosso trabalho e, principalmente, por cuidar com tanto amor dos nossos filhos. Muito obrigada e contem com a gente! Em breve teremos outro post sobre a viagem. Aguardem! 🙂

Serviço

Programa ForFun – Forma Turismo

Local: Eldorado Atibaia Eco Resort

Endereço: Rodovia Dom Pedro I, km 75,5 – Atibaia – SP.

Preços (setembro/2017): entre R$ 1.157 e R$ 1.277.

Tel.: (011) 5053-2800

http://formaturismo.com.br/

Kathy

Kathy

Jornalista, sonserina, lannister, malkaviana, dobradora do reino da Terra, distrito 3. Transmito o legado nerd ao meu rebento, Samuel, que, pobrezinho, já reclama que ninguém da escola sabe quem é Sauron e nem fazem ideia do que significa conjurar um patrono.
Kathy

Talvez você goste de: