Leitura | O Pequeno Príncipe: pequena obsessão

Fazendo um breve momento de terapia por aqui, preciso contar que eu gosto muito do pequeno príncipe. Mais do que isso além de ser a loka das joaninhas (amo objetos, adereços etc de joaninha), tbm sou a loka do Pequeno Príncipe.

Acho que o livro passa uma mensagem muito bacana e ter lido mais nova e agora aos 30 teve um significado todo diferente. Quando li agora há pouco tempo minha vontade foi de compartilhar com meu filho essa história tão cheia de mensagens simples e encantadoras.

Comecei a ler para o Marco que adorou, depois de uma passagem onde o autor diz “não gosto que leiam as minhas coisas superficialmente”, ele me perguntou “mãe o que é superficialmente?”, expliquei e hoje essa palavra faz parte do seu vocabulário rs. É tão daora vê-lo descobrindo o mundo e pegando gosto pela leitura que é algo que eu sempre curti pra caramba. Fora que começar a ler algo mais longo com o pequeno é tão legal, ver ele empolgado pelo próximo capítulo  (fui lendo um pouquinho por noite, antes de dormir).

Obviamente que mesmo antes de ler o livro, Marco já o conhecia. Sim, pq eu “obriguei” ele a conhecer infiltrando (cof cof) naturalmente em sua rotina objetos do personagem rs

Fronhas, aparador de livros e caneca

Fronhas, aparador de livros e caneca

E pra encerrar esse ciclo, fiz uma tatuagem para o meu pequeno príncipe Marcolino: uma ilustração do livro.

67070_459056594150955_1613312649_n

Agora chega né? Já tá bom de loucurinha por hoje :p

Kris

Publicitária, trabalho em ong, 33 com cara de menos. Mãe do Marco de 8 anos. Amo música, livros, show de rock e desenho animado. Desculpas aos novos games, mas ainda prefiro um Super Nintendo.

Talvez você goste de: