Moda | Machismo em roupa de criança? NÃO!

Desde ontem estão pipocando na internet imagens de roupas infantis estadunidenses que revoltaram mães, pais, crianças e basicamente todo mundo – incluindo a própria franquia representada nas roupas. Em um momento onde a discussão da representatividade da mulher na mídia está muito presente, a DC me faz isso:

tumblr_inline_ncmrri9y331qbujox

Para quem não anda muito familiarizado com o universo DC atualmente, o Superman e a Mulher-Maravilha são namorados. Essa imagem foi capa da edição #12 da HQ da Liga da Justiça, publicada em 2012, mas só agora virou camisa. O maior problema aí não está no letreiro infantil, colocando a Mulher-Maravilha como mais uma das conquistas do garanhão que é o Superman, ou no fato da camiseta ignorar toda a história vivida por ambos os personagens para chegar nesse relacionamento, reduzindo o Superman a um bro que pega geral. Associar esses valores ao Superman é problemático porque as crianças querem ser o Superman, e perpetuar a idéia de que quanto mais mulheres você pega maior é o seu valor, é perpetuar a ideia de que mulheres são objetos de coleção, descartáveis, e incentivar a mentalidade que forma Elliot Rodgers (o assassino em série que fez um vídeo no YouTube dizendo que assassinaria todas as mulheres de sua universdade porque nenhuma quis ficar com ele).

Além de toda a mensagem embutida na camiseta, o que a torna ainda pior é a modificação que fizeram na imagem pro letreiro fazer sentido. Essa é a imagem original:

2012-08-23-justice-league12

Vêem como a Mulher-Maravilha está prendendo o Superman com o Laço da Verdade, dando a entender que a conquista é dela? Já pensou que louco uma mulher tomando a iniciativa? Já pensou que louco uma mulher segura de sua sexualidade?

Não. é muito difícil conceber. Para os fabricantes de camisetas, as mulheres têm sempre que estar em segundo plano. Essas aqui, também licenciada pela DC, mostra exatamente qual é o papel esperado das mulheres:

BAT

Enquanto os meninos treinam para ser o Batman, as mulheres treinam para ser a esposa do Batman. Nem a Batgirl, nem mesmo a Mulher-Gato, que mesmo sendo interesse romântico do Batman, ainda é uma personagem tridimensional com história e habilidades próprias, mas a esposa. do. Batman. A camisa da direita foi encontrada na sessão infanto-juvenil do Walmart nos EUA, mas o licenciamento sexista não para por aí:

1924493_971093109574883_9115240676501974189_n

Sim. São macacões para bebês. Macacões que, quando em cores consideradas masculinas, são do futuro Homem de Aço. Mas assim que a paleta assume tons pastel, se tornam de um bebê que só namora super-heróis.

Para ser justo, a DC pediu desculpas pelas camisetas e disse que irá rever seu licenciamento:

A DC Comics é o lar de muitos dos melhores super heróis e heroínas do mundo. Todos os nossos fãs são incrivelmente importante para nós, e entendemos que as mensagens em algumas camisetas são ofensivas. Nós concordamos. Nossa companhia é comprometida com o empoderamento de meninos e meninas, homens e mulheres, através dos nossos personagens e histórias. Com isso em mente, iremos rever nosso processo de licenciamento e design de produtos para assegurar que todos os nossos produtos reflitam nossos valores e filosofia.

É um passo gigante para uma empresa reconhecer e se desculpar abertamente por um erro como esses. Há dois anos, provavelmente a DC diria algo como “desculpem pela mensagem que vocês entenderam, não foi isso que quisemos dizer” e ficaria por isso mesmo. Seria interessante, talvez, que os produtos fossem retirados de circulação, como aconteceu com a Adidas no começo deste ano.

Aliás, falando nisso, até a nossa queridinha Riachuelo escorrega no sexismo. Apesar de sermos entusiastas da loja, que além de ser a única com o licenciamento Star Wars, é a única que faz modelos femininos de camisetas nerds, não pudemos deixar de notar que as camisas infantis de super-heroínas são um tanto quanto… inadequadas.

10717876_10152444285672734_1448098650_n

10719523_10152444285597734_2033191878_n

Essas duas camisetas são da coleção de inverno de 2014, mas mesmo assim, são cropped (deixam a barriga de fora). Gente, qual é a necessidade disso? Nem a roupa da Mulher-Maravilha tem barriga de fora, hem. E vocês, já viram outros exemplos de roupas sexistas?

Nanda Café

Nanda Café

Feminista que faz ballet e adora cor-de-rosa. Gosta de RPG, fantasia medieval, anime água-com-açúcar e é #teammarvel apesar de Sandman ser da Vertigo. Começou a estudar Quenya, mas como não dava pra fazer isso enquanto comia, desistiu de ser elfa e admitiu para si sua natureza hobitesca.
Nanda Café

Talvez você goste de: