Mangá | 12 Títulos que podem agradar pequenos e jovens leitores!

Inspirada pela lista “10 publicações que mostram que quadrinho é coisa de menina sim“, resolvi fazer uma lista de mangás que podem interessar os pequenos e jovens leitores. Apesar de muitos serem classificados como “de menino” (shonen, em japonês) ou “de menina” (shoujo, em japonês), acredito que podem agradar ambos os gêneros independente de qualquer classificação! =)

1- A princesa e o cavaleiro

A_Princesa_e_o_Cavaleiro_

Editora JBC

A Princesa e o Cavaleiro é um clássico de 1963, do autor Osamu Tezuka, conhecido como “O Deus do Mangá”. Conta a história da princesa Safiri, que por causa das leis de seu país, que exige um herdeiro para o trono, é criada como se fosse um menino. São 8 volumes, de leitura fácil, indicado à partir de 7 anos. Publicado pela editora JBC.

2- Astroboy

Astro Boy

Editora Panini

Mais um grande sucesso do autor Osamu Tezuka, a versão de Astro Boy publicada no Brasil foi a desenhada por Akira Himekawa. O mangá conta a história de Atom, o primeiro robô com coração, que vai aprendendo o que é certo e o que é errado com a ajuda do Professor Ochanomizu. Recomendado à partir dos 8 anos. Publicado pela Panini.

Scan da capa: Guia dos Quadrinhos
3- Card Captor Sakura

capa_card_captor_sakura_01

Editora JBC

Sakura é uma garotinha comum de 10 anos que certo dia encontra um livro mágico no escritório do seu pai. Ela acaba ativando o poder do livro sem querer e libertando as Cartas Clow, que estavam lacradas no livro. Agora ela terá que recuperar todas as cartas antes que uma catástrofe aconteça. Card Captor Sakura é uma das histórias mais conhecidas do grupo de autoras CLAMP. Fez muito sucesso quando a versão animada era transmitida pelo canal Cartoon Network e depois foi publicada a versão em mangá pela editora JBC. Recomendado à partir dos 10 anos.

4- Angelic Layer

Angelic Layer

Editora JBC

Também escrito pelas meninas do CLAMP, conta a história de Misaki Suzuhara, garota do interior que chega para estudar em uma Tokyo futurista e com tecnologia avançada. Lá ela conhece o jogo Angelic Layer e compra um Angel Egg, um ovo que vem com um boneco (Angel) configurável pelo jogador e que é usado para batalhas. Misaki configura sua boneca em homenagem à personagem Lucy de Guerreiras Mágicas de Rayearth, outro título das mesmas autoras. É um mangá com 5 volumes, de leitura leve, recomendado à partir dos 8 anos, lançado pela editora JBC.

5- Guerreiras Mágicas de Rayearth

Guerreiras_Mágicas_de_Rayearth

Editora JBC

Lucy, Anne e Marine são três amigas estudantes que, em uma vista à Torre de Tokyo, são enviadas magicamente à um mundo novo chamado Zefir, onde são chamadas de Guerreiras Mágicas e precisam salvar a Princesa Esmeralda das mãos do vilão Zagard. Muito conhecido do público dos anos 90, Guerreiras Mágicas de Rayearth, também do CLAMP (adoro!), fez sucesso quando era transmitido pelo SBT e foi um dos lançamentos de mangás mais festejados quando foi anunciado pela editora JBC. Recomendado à partir dos 12 anos.

Scan da capa: Guia dos Quadrinhos

6- Hikaru no Go

hikaru no go

Editora JBC

Escrito por Yumi Hotta e desenhado por Takeshi Obata, Hikaru no Go conta a história do garoto Hikaru Shindo, péssimo estudante que tem a mesada cortada e, procurando por algo de valor no sótão para vender, acaba encontrando um tabuleiro de Go (jogo japonês) que tinha a alma aprisionada de Fujiwara no Sai, um grande jogador de Go do passado. É um título de bastante sucesso, mas como tem muitas regras de Go explicadas em detalhes, talvez não interesse tanto para os mais novos. Publicado no Brasil pela JBC, recomendo à partir dos 12 anos.

7- K-On

Editora New Pop

Editora New Pop

K-On é sobre um grupo escolar de música e suas integrantes, 4 estudantes do ensino médio. Acompanhamos a interação das personagens e sua evolução no grupo de música. Achei interessante por ser focado em música e ser um grupo feminino sem hipersexualização. Esse foi recomendação de amigas, ainda não li. Mas encontrei essa resenha super fofa e já coloquei na minha lista de leitura também hehe. Publicado pela Editora New Pop, fica a indicação para à partir dos 12 anos.

8- Fruits Basket

recense-2010-10-26-Furuba-v01-br

Editora JBC

Fruits Basket conta a história de Tohru Honda, uma garota orfã que acaba esbarrando com integrantes da família Sohma, que são possuídos pelo espírito dos signos chineses quando abraçados por alguém do sexo oposto. É um história que oscila entre muito leve e divertida e muito profunda e dramática. Publicada pela JBC, recomendada à partir dos 14 anos.

9- Pokemon

pokemon-black-withe3

Editora Panini

Série mais do que conhecida pelos brasileiros, não poderia ficar de fora da nossa lista! O personagem principal é Black, que sonha se tornar um grande treinador e vencer a liga Pokemon. Bem humorado, agrada tanto antigos fãs da série quanto novos leitores. Publicado pela Panini, recomendado à partir de 10 anos.

10- Kingdom Hearts

kingdom-hearts-capa-abril-1

Editora Abril

Publicado pela Editora Abril, o mangá de Shiro Amano, baseado no jogo de videogame Kingdom Hearts, conta a aclamada história de Sora, Kairi e Riku, que sonham em sair da sua ilha e conhecer novos mundos. Unindo personagens e cenários da Disney e da série de jogos Final Fantasy em um enredo cativante, é recomendado à partir dos 8 anos.

 

MENÇÕES HONROSAS

11- Uchuu Kyoudai (Space Brothers)

space-brothers-manga-volume-1-simple-72581

Ainda não publicado no Brasil

Esse mangá de Chuya Koyama ainda não chegou no Brasil, mas a história é tão divertida e cativante que quis acrescentar nesse post. Não é infantil, mas as crianças no Japão adoram! É a história de Mutta e Hibito, os dois irmãos que sonham em ser astronautas desde pequenos. Hibito consegue, mas Mutta acaba seguindo outro caminho. Quando ele é demitido do seu emprego atual, é convencido por Hibito a fazer a prova de seleção para a JAXA, a Agência Espacial Japonesa, e vamos acompanhando sua jornada para se finalmente se tornar um astronauta! Recomendado à partir de 12 anos.

12- Eyeshield 21

eyeshield

Ainda não publicado no Brasil

Também não publicado no Brasil ainda, esse mangá de esporte escrita por Riichiro Inagaki e ilustrada por Yusuke Murata, conta a história de Sena Kobayakawa, garoto medroso e que sofre bullying no colégio, que é descoberto pelo time de futebol americano por ser muito rápido. Ele adquiriu essa rapidez durante os anos fugindo dos agressores ou cumprindo suas demandas. Para que outros times não o recrutem, o time o obriga a manter um cargo como secretário do time, enquanto atua com o pseudônimo “Eyeshield 21” em campo. Recomendado à partir de 12 anos.

 

E vocês tem mais alguma sugestão de mangás para nossos pequenos leitores?? Conta aqui para a gente nos comentários =)

Daniela Bandeira

Daniela Bandeira

Mãe do Lucas (7), amante da cultura japonesa, literatura, cinema, animações, séries, games, música e tudo que envolve Disney. Formada em Língua e Literatura Japonesa, porém não atuante na área. Tem a fotografia, a culinária e a costura como hobbies e sonha dar a volta ao mundo.
Daniela Bandeira

Talvez você goste de:

  • @eutemoque

    Dani, Slam Dunk é bem legal pra crianças também =]

  • Suez2005

    Prezada Daniela. Eu acompanho cultura japonesa, animes e assino inclusive o Crunchyroll. Meu problema é por que estou precisando de mais indicações de mangás, para minha filha de 10 anos. O que achei mais interessante dos que citou foi o Sakura, o problema é que só achei novo, a partir do segundo volume e primeiro é impossível de se achar. Se você tiver mais indicações para eu poder iniciar minha filha nesse mundo maravilhoso eu ficaria grato e já estou grato por esse seu artigo.

    Um grande abraço.

  • Mariana Gamberger

    Adorei, Daniela!! Eu não conheço nada de mangás, mas por sugestão de uma amiga, eu comprei os primeiros números do Sakura para as minhas filhas lerem. Legal todas essas indicações. Vou ver aqui para comprar para elas lerem.