Operação Big Hero | Pai incrível constrói bolsa da Honey Lemon para filha

Essa semana saímos para comprar camisetas para a Alice e até aqui na Alemanha o negócio é nitidamente dividido: Princesas e explosão de rosa e lilás para meninas, e super heróis e uma explosão de azul, cinza e preto para meninos. Por causa disso, sempre olhamos as roupas nas duas sessões da loja. Como minha filha já está grande, a incentivamos a escolher as próprias roupas e, nesse dia, ela escolheu uma camiseta azul da Elsa e um kit de camisetas do filme Operação Big Hero. Depois de abraçar e beijar o Baymax de uma das camisetas, ela olhou a outra que tinha a turma toda e qual não foi a minha surpresa ao ver ela estava procurando as personagens femininas! Procurou e achou, depois ficou apontando contente!

camiseta que fez a alegria da Alice!

camiseta que fez a alegria da Alice!

Minha filha tem 2 anos e ficou contente ao ver as personagens femininas na camiseta. Ela sabe e eu sei como isso é importante, só a Disney finge não saber como já falamos em vários posts sobre campanhas como #cadêaviuvanegra e #wewantleia.  A própria franquia Operação Big Hero já teve problemas com representatividade em seu merchandising.

O bom disso tudo é que as pessoas cada vez mais estão se manifestando e cobrando posturas mais coerentes das empresas, quem não lembra do caso da menina que explicou o estereótipo de gênero para a LEGO,  da menina que pediu mais representação feminina nos produtos de Star Wars e da menina que pediu mais super heroínas femininas à DC?

A falta de brinquedos e outros licenciados de personagens femininas não é novidade, o que é novidade é a hiper criatividade desse pai abaixo. Depois de procurar  e não encontrar brinquedos relacionados a super Honey Lemon do filme Operação Big Hero, ele dobrou as manguinhas e fez ele mesmo uma super bolsa para a sua filha.

A filha de 5 anos de Brendan Lee chamada Sophia  é obcecada pela Honey Lemon (para quem não viu o filme, o “poder” dela é ser especialista em química) e ela cria misturas incríveis em formato de esferas para suas lutas. Os elementos químicos estão em uma bolsa fofinha com um visor de tabela periódica – o que seria um produto incrível caso tivessem produzido.

enhanced-25526-1431512254-12

Infelizmente a Disney-Marvel parece cega aos novos tempos e a nova demanda de mercado, então Brandom, que mora em Nova Jersey (EUA), resolveu projetar e construir sua versão da linda bolsa lançadora de bolas químicas da heroína.

enhanced-22353-1431512257-10

Ele disse ao site Buzz Feed Geek que nunca havia criado algo parecido ou trabalhado com espuma e infelizmente ele também não encontrou muitos vídeos no YouTube. Lee completou dizendo que foi um trabalho de tentativa e erro desde o início.

enhanced-19000-1431512262-17

Projeto de Brandom Lee para sua filha Sophia

Para ele a parte mais complicada foi o projeto.

enhanced-7785-1431512264-20

enhanced-754-1431512268-16

Depois que o projeto estava pronto, ele teve que garimpar as lojas de artesanato e hobby locais para encontrar todos os materiais necessários para a confecção da bolsa.

enhanced-8486-1431512271-6

Ele disse que a confecção não foi difícil e que a espuma é um material barato, fácil de encontrar e de se trabalhar.

enhanced-4877-1431512275-17

enhanced-9333-1431512276-18

Ele não fez um projeto qualquer! A bolsa acende de verdade!

enhanced-6527-1431512283-15

Essa é ou não é a tabela periódica mais incrível de todos os tempos?

enhanced-32246-1431512283-1

Lee disse que essa questão de gênero nunca foi evidente para ele até ter uma filha, para ele não há representação feminina suficiente em quadrinhos ou licenciados.

enhanced-21058-1431512288-3

enhanced-32309-1431512289-9

Lee fez a bolsa para Sophia usar na Comic-Con Philadelphia deste ano.

enhanced-4884-1431512288-7

enhanced-18086-1431512295-1

O buraco do lado esquerdo possui um ímã para lançar as “bolas químicas”. Lee disse que Sophia adora jogar as bolinhas e fazer pose.

enhanced-23153-1431512293-20

enhanced-3722-1431512294-8

enhanced-9455-1431512299-22

Bolsa Pronta!!!!

enhanced-23959-1431512302-18

Na entrevista, a Disney procura manter um equilíbrio entre personagens principais masculinos e femininos, o problema é que as mulheres parecem ser sempre princesas, nunca super heroínas.

enhanced-24078-1431512017-16

<3

enhanced-18389-1431512017-14

Sophia e sua  bolsa incrível

Lee disse que Sophia pediu uma novo projeto para ele: ela gostaria de se fantasiar de Go Go Tomago (a outra personagem feminina desse mesmo filme) na próxima ComiCon.

enhanced-4096-1431512017-1

Será que o próximo projeto desse pai habilidoso será patins de Maglev ultravelozes? Mal podemos esperar!

anigif_enhanced-buzz-315-1431611231-17

Via Buzz Feed

Joyce Recco

Sou uma professora feliz da Rede Pública, mãe da Alice (3) e do Arthur (3 meses). Adoro fazer listas, organizar e criar coisas. Sou apaixonada por literatura infantil, culinária, DIY e fotografia. Curto ficção Científica, gosto que aprendi com a minha Pac Mãe. Adoro Star Wars, Star Trek e fico muito chateada com a competição que o pessoal faz entre as duas franquias, coração de mãe é grande e tem espaço para todo mundo!

Últimos posts por Joyce Recco (exibir todos)

Talvez você goste de:

  • Esse pai está de parabéns por dar a liberdade para sua filha ser quem quer ser.
    Eu não gosto dessa ausência de representação feminina, penso que as meninas devem encontrar personagens em que se espelhar que vão além das princesas, não que seja errado desejar ser uma princesa, o que não concordo é em essa ser a única opção as crianças. Com relação ao Big Hero, eu gostei de todas as personagens, principalmente da Gogo e da Honey Lemon, que mostram que uma garota pode ser o que ela quiser.
    A decisão da Disney-Marvel de não lançar em sua linha de “brinquedos de ação” personagens femininas, sob a alegação de que os produtos destinados ás meninas são os da linha princesas é no mínimo uma decisão ruim, vejamos pelo ponto de vista meramente comercial: Sou uma empresa que não quer lançar produtos que meus clientes em potencial desejam comprar, sob a justificativa que aqueles produtos que elas querem não é o que quero vender para aquele público em especial, logo estou deixando de ganhar dinheiro.
    Já olhando pelo ponto de vista de representatividade, por que não deixar que as meninas escolham se querem ser princesas ou se querem ser heroínas, o que há de errado nisso?

  • Pingback: #cadeviuvanegra | Aqui está a Viúva Negra - finalmente os produtos dela estão chegando! - Pac Mãe()