#playlikeahero | Goldieblox lança vídeo substituindo heróis de ação por bonecas

E se todos os heróis de ação que salvam o mundo… fossem meninas? Essa é a proposta do novo vídeo da Goldieblox, a empresa de brinquedos que se propõe a desafiar os estereótipos de gênero. Com um time de marketing de primeira, a Goldieblox já propôs uma invasão às lojas de brinquedos para perturbar a “sessão rosa” e atacou a Barbie no anúncio de sua boneca, cuja proposta era ser de ação e proporcionar desafios de engenharia para as crianças.

A Goldieblox recebeu críticas pelos brinquedos fabricados em tons de rosa e roxo e pela falta de representatividade em sua mascote e boneca – que era magra, loira e tinha os olhos verdes. Aproveitando a movimentação em Hollywood que tem discutido essa mesma falta de representatividade nos filmes, a empresa lançou um vídeo para anunciar o lançamento de Ruby Rails, uma boneca de ação paraquedista (e negra!)

Num stop motion muito fofo com as duas bonecas, a campanha levanta questionamentos importantes como: Só 1% dos filmes populares têm mulheres de diferentes etnias como estrelas; apenas 12% dos filmes de Hollywood têm protagonistas femininas; e homens têm duas vezes mais tempo de tela do que mulheres. Apesar da ilusão de que isso está melhorando e temos maior representatividade nos filmes hoje em dia, esses dados, tirados de vários relatórios que analisam a indústria cinematográfica, são os mesmos há 60 anos.

De fato, o vídeo mostra personagens icônicos e todos, sem exceção, são homens – e você provavelmente conseguiu reconhecer a maioria deles. A proposta da Goldieblox é inspirar meninas a serem protagonistas através dos exemplos de Ruby e Goldie que resolvem problemas, inventam coisas e provam que garotas devem ser mais do que coadjuvantes.rubyrails-main

Nós amamos o vídeo e amamos a Ruby e pedimos: PLS COME TO BRASIL.

Nanda Café

Nanda Café

Feminista que faz ballet e adora cor-de-rosa. Gosta de RPG, fantasia medieval, anime água-com-açúcar e é #teammarvel apesar de Sandman ser da Vertigo. Começou a estudar Quenya, mas como não dava pra fazer isso enquanto comia, desistiu de ser elfa e admitiu para si sua natureza hobitesca.
Nanda Café

Talvez você goste de: