Na Cidade | “Mulheres Poderosas” – Exposição de Cartuns em SP

A Ly Pucca está ali ao lado desde o comecinho do blog, então ela sempre foi nossa parceira. Mas agora está estreando oficialmente como colaboradora do blog, e além de ver o banner do studio, vocês também poderão acompanhar os textos dela por aqui! – Nanda

Quando recebi por e-mail a noticia que do lado, bem do ladinho de casa está acontecendo uma exposição que apresenta caricaturas de mulheres que representam a força feminina eu simplesmente pirei. Peguei meu filho Pedro, de 6 anos e minha filha Luiza, de 15 anos, e fui correndo verificar qual era a pegada dessa exposição.

pucca15

Adoramos as caricaturas, elas apresentam grandes mulheres que se destacam em suas habilidades, como a artista plástica Tomie Ohtake, que faleceu recentemente; a atriz Meryl Streep, que representa o sexo feminino em papeis imponentes, nossa querida Rita Lee; e o grande ícone brasileiro da defesa dos direitos femininos, Leila Diniz.

pucca2

Caricatura da cantora Rita Lee produzida pelo artista Alecrim

“Os desenhistas possuem suas musas, mas dentre muitas mulheres poderosas que se destacam em nossa sociedade, os cartunistas tiveram que escolher apenas uma para retratar”. Faltaram muitas homenagens que não deu pra colocar por conta do espaço que tínhamos, mas o legal é que os desenhistas lembraram de algumas mulheres que muitos se esquecem” comenta o curador e também cartunista Jal, derretendo nossos corações femininos.

Rascunho para divulgação da exposição, elaborado pelo curador Jal

Rascunho para divulgação da exposição, elaborado pelo curador Jal

Mas o que chamou nossa atenção, foi a caricatura de Nair de Teffé, feita pela artista argentina Liliana Ostrovsky, que Jal fez questão de incluir entre tantas mulheres maravilhosas.

pucca1

Nair de Teffé foi uma mulher muito importante, é considerada a primeira caricaturista do mundo 
e, mesmo sendo esposa do presidente Hermes da Fonseca, não deixou de fazer suas caricaturas.

A artista começou assinando RIAN, que é Nair ao contrário, porque na época não era aceito que mulheres fossem caricaturistas. Nair lutou para que as mulheres pudessem usar calças 
e, como primeira dama, levou o violão para os recitais no Catete, mesmo o violão sendo considerado instrumento de pouco valor diante dos outros
.

Jal conheceu Nair de Teffé com 94 anos, e nos contou que na época

estava sendo expulsa de sua casa em Niteroi e não podia quase andar, e mesmo sem poder sair da cama continuava a desenhar caricaturas de atrizes da TV 

em pedaços de papel
.
 Nair faleceu com 95 anos e então foi homenageada por Jal que criou sua escola de arte com o nome de RIAN.

Essa experiência foi mega emocionante pois, muito mais que apreciar a arte, pude levar minha filha adolescente Luiza, que também é desenhista, e meu filho Pedro, e contar um pouco da história dessas mulheres poderosas.

Vale a pena conferir essa exposição linda, conhecer a história dessas mulheres que fizeram parte da mudança do mundo, além da arte incrível que cada um colocou no papel. Confira algumas fotos da exposição e não deixe de prestigiar:


Serviço
Exposição: “Mulheres Poderosas”
Local: Tietê Plaza Shopping (Piso Térreo )
Período: de 3 a 29 de março
Entrada gratuita
Horário de visitação: Segunda a Sábado, das 10h às 22h / Domingos e Feriados, das 11h às 22h

Ly Pucca

Eu sou música, eu sou Rock, eu sou Beatles, eu sou paixão;
Eu sou mulher, eu sou mãe;
Eu sou dormir pouco, e comer muito;
Eu sou amigos, eu sou espírito, eu sou old, eu sou new;
Eu sou Vader, Maul e Luke, eu sou Yoda;
Eu sou foto, eu sou arte,eu sou Pucca!

Talvez você goste de:

  • Daniela Bandeira

    Que história interessante a dela! Não conhecia!
    Adorei a postagem! Pena que não poderei ir visitar a exposição =/