Pouco shampoo ou sem shampoo? Um novo jeito de se cuidar!

Hoje vamos falar de duas técnicas de lavagem de cabelo: Pouco shampoo  e Nenhum shampoo.

Essas técnicas foram criadas pela britânica Lorraine Massey, foi denominada de “O método da garota cacheada” e consistem na retirada de algumas substâncias químicas da rotina da lavagem de cabelo e que podem ser danosas especificamente para cabelos ondulados e cacheados mas vem conquistando fãs com todos os tipos de cabelo.

Mas por que o Pac Mãe está falando disso?

Desde que a minha filha teve conjuntivite alérgica na creche por causa do uso de shampoo com parabenos eu comecei a pesquisar a técnica e, em pouco tempo, já estava aplicando dentro de casa.
Aqui em casa alternamos as duas técnicas porque não consegui ficar sem o shampoo (fico com a sensação que não lavei direito) mas ter livrado os nossos cabelos super finos dos sulfato fortes e dos petrolatos (tirei os parabenos também por serem altamente alergênicos mas não é imprescindível para as técnicas) fez a minha cor durar mais, meu cabelo é roxo e uso tintas permitidas pela técnica (sim! Pintar é possível), e fez o nosso cabelo  crescer mais rápido, mais forte e, por isso, quebrar menos.

Essa quantidade enorme de termos técnicos e substâncias químicas que são levadas em consideração podem assustar mas existe muito material disponível na internet e vou tentar fazer um resumão.

O couro cabeludo produz uma oleosidade natural que é retirada por substâncias consideradas agressivas, como o sulfato forte presente em vários shampoos. Essa oleosidade , em cabelos cacheados e ondulados demora mais para descer pelo fio fazendo com que ele fique mais fino, ressecado e quebradiço e, quando retirada de cabelos naturalmente oleosos, pode dar efeito rebote aumentando ainda mais a oleosidade do couro cabeludo.

Uma das premissas da técnica, portanto é trocar o sulfato forte por um agente limpante mais leve e que não agrida o couro cabeludo permitindo que a oleosidade natural do couro cabeludo se mantenha equilibrada e que os fios não se ressequem ainda mais.

Ambas as técnicas também não permitem o uso de derivados de petróleo nos cabelos. Normalmente presentes em condicionadores e máscaras de tratamento, os derivados de petróleo, ou petrolatos como a parafina, encapam o fio de cabelo funcionando como uma maquiagem e não permitem que o cabelo absorva os nutrientes necessários para repor massa ou água. O fio fica brilhante e com uma aparência saudável quando, na verdade, está cada vez mais fino e quebradiço.

Pouco shampoo é uma técnica onde devem ser usados produtos sem sulfatos forte e sem petrolatos mas que permite alguns silicones insolúveis em água, uma vez que mantém o uso de shampoo com agentes de limpeza mais leves e que não agridem a fibra capilar.

Já Sem shampoo não tem o uso de shampoos de forma alguma e, portanto, permite somente o uso de silicones solúveis em água. A lavagem é feita com agentes condicionantes.

Todos esses nomes parecem complicados e o vocabulário é realmente amplo mas o resultado são cabelos menos quebradiços, com maior brilho, mais hidratados e com melhor definição dos cachos uma vez que não retira a proteção natural do couro cabeludo e não veda o fio de receber substâncias presentes nas máscaras capilares permitidas ou nas receitas caseiras como as que a Valentina, minha filha, faz mensalmente.

image2

Foi fácil aderir a técnica uma vez que não exige produtos caros e alguns produtos que já usamos nos filhotes são inclusive permitidos, só demanda um pouco de estudo e atenção aos ingredientes que podem agredir o couro cabeludo dos pequenos e acabar com aqueles cachos lindos e uma vez que só tenha produtos permitidos em casa, seguir a técnica que você escolheu se torna natural.

O Pac Mãe mostra diversas ações lindas de empoderamento infantil e nossos cachos fazem parte disso, da nossa identidade, da nossa natureza e, ao contrário de quando eu era criança e sofria querendo alisar, hoje são inúmeros os produtos na prateleira especificamente para cuidar desses cachinhos que amamos tanto.

Bianca Stracquadanio

Bianca Stracquadanio

Sempre leu de tudo, fã de quadrinhos graças ao pai e de Brumas de Avalon graças a mãe, é meio bruxa de família e totalmente nerd de vocação. Mãe do Giancarlo (9) e da Valentina (4), tem muito orgulho de criar dois seres fãs de Asterix, Disney, Studio Ghibli, Star Wars, Harry Potter, Lego e de Power Rangers. Trabalha no Ministério da Saúde, está fazendo mestrado em Bioética e acredita em ensinar e dar autonomia para libertar!
Bianca Stracquadanio

Últimos posts por Bianca Stracquadanio (exibir todos)

Talvez você goste de: