Questionando a educação formal | Sistema Hedu

 IMG_1589_1

“Se as crianças tem interesse, a educação acontece”. Essa é uma das frases que ouvi em um dos vídeos do pesquisador indiano e professor de tecnologia educacional Sugata Mitra e que ficaram martelando na minha cabeça.

Já não é de hoje que questiono o modelo tradicional de educação, e exatamente por isso meu filho Samuel estuda em uma escola que segue a linha democrática. Optei por uma escola pública para poder investir mais em cursos e atividades que façam sentido para ele, pelos quais ele se interesse verdadeiramente.

Buscando opções assim encontrei, em um grupo que discute o Unschooling, o Hedu, um sistema complementar de ensino baseado exatamente no modelo SOLE proposto por Mitra, onde as crianças aprendem a partir da própria curiosidade e engajamento, estimuladas por um educador.

O sistema foi trazido ao Brasil pelo administrador de empresas Sergio Andrade e pelo médico fisiatra Tatsuo Adachi, que compartilhavam o desejo de contribuir para a formação de pessoas.

Cartaz oficina

Na primeira oficina de demonstração, um grupo de crianças questionava, após assistir um vídeo sobre o Big Bang: “Como os planetas foram formados?”. Incentivados por Sergio e Tatsuo elas se juntaram para pesquisar e responder à pergunta. Uma hora depois estavam discursando e desenhando sobre poeira e gases estelares girando e se chocando em volta de estrelas, formando os planetas.

Na oficina que o Samuel participou, a pergunta que surgiu foi “Por que as pessoas morrem?” Fiquei impressionada ao ver que em pouco mais de uma hora de trabalho as respostas encontradas pelos pequenos vão desde explicações filosóficas e religiosas até biologia. Afinal, conforme disse Sugata Mitra, “Faça grandes perguntas e encontre grandes respostas”.  Samuel curtiu a oficina e já manifestou a vontade de participar novamente. Por ver o entusiasmo dele, eu super recomendo a experiência!

O Hedu fica em São Paulo, no bairro de Vila Mariana, no espaço Germinadora. Oferece uma oficina semanal para crianças de 8 a 12 anos aos sábados às 16:00 horas. Para garantir vaga os pais devem inscrever seus filhos no site http://hedu.com.br/eventos/ As 3 primeiras oficinas são gratuitas.

Kathy

Kathy

Jornalista, sonserina, lannister, malkaviana, dobradora do reino da Terra, distrito 3. Transmito o legado nerd ao meu rebento, Samuel, que, pobrezinho, já reclama que ninguém da escola sabe quem é Sauron e nem fazem ideia do que significa conjurar um patrono.
Kathy

Talvez você goste de: