Resenha | Angry Birds – O Filme

angrybirds_onlineposter_brazil

Hoje estréia o tão esperado Angry Birds – O Filme. Nessa segunda, a equipe Pac Mãe + alguns leitores foram convidados pela Sony para uma cabine exclusiva (obrigada, obrigada <3) e nós vamos contar o que achamos!

Tudo começa em uma ilha habitada por pássaros felizes e que não podem voar, tudo parece perfeito. Lá, vive Red , um pássaro com problemas de temperamento, Chuck e Bomba, que acabam se encontrando porque tem uma coisa em comum e de certa forma, sempre se sentiram excluídos. Quando os porquinhos verdes resolvem fazer uma visita misteriosa à ilha, eles percebem que alguma coisa está estranha e vão investigar melhor.

Chuck (Josh Gad), Red (Jason Sudeikis), Bomb (Danny McBride) in Columbia Pictures and Rovio's ANGRY BIRDS.

Chuck, Red e Bomba

Leonard (Bill Hader, center), the spokesman for the pigs, and his top aide, Ross (Tony Hale, left) in Columbia Pictures and Rovio Animation's ANGRY BIRDS.

O filme rende boas risadas, as crianças adoraram. Algumas piadinhas “sutis” são direcionadas aos adultos e passam batido pelas crianças. Quem joga Angry Birds também vai perceber que muitos elementos do jogo estão no filme e isso faz com que a gente se sinta bem familiarizado e próximo dos personagens, sem contar a trilha sonora que está uma coisa, de tão boa.

Ah, acho que muitos adultos irão se sentir representados por Red 😀

Angry Birds – O Filme (Sony Pictures / Columbia Tristar Filmes)

Classificação Indicativa: Livre
Classificação Pac Mãe: a partir de 4 / 5 anos para entender o enredo e aguentar mais de 01:30 de cinema
Opinião Pac Mãe: Um desenho bem divertido, ideal para um programa em família. Até hoje, 3 dias depois de assistir estamos comentando sobre ele em casa e meu filho pediu para assistir de novo.

Kris

Publicitária, trabalho em ong, 34 com cara de menos. Mãe do Marco de 9 anos. Amo música, livros, show de rock e desenho animado. Desculpa aos novos games, mas ainda prefiro um Super Nintendo.

Talvez você goste de: