Star Wars | Unindo Darth Vader à teoria da exterogestação

Quem acompanha o Pac Mãe, sabe que somos fãs da maternidade ativa e adeptas das teorias como a extero-gestaçãoque enxerga o recém-nascido como despreparado para os estímulos do mundo exterior e usa técnicas para reproduzir o ambiente uterino e mantê-lo calmo e seguro.

Uma dessas técnicas é reproduzir o barulho do útero, uma mistura entre máquina de lavar ligada e secador de cabelos que quase me deixou maluca nos primeiros meses de vida do meu filhote, que se acostumou até demais a dormir com esse som.

Isso porque eu não tinha atentado para o fato de que o barulho do útero se parece com algo que eu conheço bem até demais, coisa que esse pai descobriu com maestria.

Se você acha que esse bebê está respondendo ao lado negro da força, entenda que é apenas um instinto primitivo:

“A reprodução das condições do ambiente uterino leva a uma resposta neurológica profunda ‘o reflexo calmante’. Quando aplicados corretamente, os sons e sensações do útero têm um efeito tão poderoso que podem relaxar um bebê no meio de uma crise de choro.” – Dr. Harvey Karp, O Bebê Mais Feliz do Pedaço

Quem diria, hem? Parece que Darth Vader teria sido o paizão retratado em Vader and Son afinal:

vader_and_son

 

Nanda Café

Nanda Café

Feminista que faz ballet e adora cor-de-rosa. Gosta de RPG, fantasia medieval, anime água-com-açúcar e é #teammarvel apesar de Sandman ser da Vertigo. Começou a estudar Quenya, mas como não dava pra fazer isso enquanto comia, desistiu de ser elfa e admitiu para si sua natureza hobitesca.
Nanda Café

Talvez você goste de: