Ensaio Newborn | 23 fotos nerds de fotógrafas brasileiras

Mês passado publicamos 42 fotos inspiradoras de ensaios Newborn, como puderam perceber  a maior parte das fotos foram feitas fora do país. O que pouca gente sabe é que temos fotógrafas de altíssima qualidade fazendo um trabalho tão lindo quanto. Colocarei aqui fotos de três fotografas de três Estados diferentes: Vivian Zerbatto Fotografia na cidade de São Paulo, Diga Chis em Cuiabá – Mato Grosso e a Isabella Figueira Fotografia de Maceió – Alagoas. Vocês conhecerem outros fotógrafos  brasileiros com esse tipo de foto? Mande para gente que fazemos mais um post.

Quando estava grávida uma amiga minha da faculdade, que se formou em fotografia no Senac me falou sobre esse tipo de ensaio, disse que depois de formada havia feito muitos Workshops sobre o tema, me mostrou inclusive, alguns ensaios que tinha feito. Ela também fazia ensaio gestante, eu morria de vontade de fazer um, mas meu marido estava viajando a trabalho nos últimos meses da minha gestação e achei chato e triste fotografar sem ele.

Confesso que na época eu não havia lido muita coisa sobre esse tipo de ensaio, o máximo que fiz foi procurar ideias no google um dia antes, mas confiei na Vivian, pois além de amiga ela havia feito faculdade de Pedagogia comigo e sei que em hipótese alguma ela iria fazer algo que desrespeitasse uma criança! Depois do ensaio virei fã e comecei a curtir diversas páginas de fotógrafos. É uma linda recordação. Vale muito a pena!

Vamos a lista:

Vivian Zerbatto Fotografia – São Paulo – SP

1-  Alice Star Wars, minha preferia, afinal o bebê da gente é sempre o mais lindo da galáxia!

Alice 10 dias-123 baixa logo 1

Minha filha Alice Foto: Vivian Zerbatto Fotografia

2- No famoso baldinho mas com um toque geek

Alice 10 dias-120 baixa logo 1

Vivian Zerbatto Fotografia

3- As vezes não precisa de muitos adereços para a foto ficar de tirar o fôlego… uma bebê fofa, uma mamãe com uma linda tatoo e muita emoção numa lágrima!

10633888_921756584501280_7237849047317673815_o

Vivian Zerbatto Fotografia

4- A Bela Adormecida

11158022_10200464892740238_550351922_n

Vivian Zerbatto Fotografia

5- Fotos musicais são lindas

Vivian Zerbatto Fotografia

Vivian Zerbatto Fotografia

6- Pequeno aviador

10403417_921756757834596_5114014077235689864_n

Vivian Zerbatto Fotografia

Isabella Figueira Fotografia – Maceió – AL

7- Fofura em dobro! Baby Liga da Justiça

11149107_737430969707682_518904139_n

Isabella Figueira Fotografia

8-  Wonder Baby

11158970_740247032759409_1778564639_o

Isabella Figueira Fotografia

9- Um soninho depois de salvar o dia!

11106251_740246962759416_2040955867_o

Isabella Figueira Fotografia

10- Baby Flash

11154039_740247026092743_1505888916_o

Isabella Figueira Fotografia

  11- Mais um Baby Flash!

11149054_911340542242036_372529959_n

Isabella Figueira Fotografia

12- Paixão pela leitura desde bebezinho!

11153425_740246909426088_220301980_o

Isabella Figueira Fotografia

 13- Mais uma do baby leitor, não dá pra resistir a esse biquinho!

11126240_740246939426085_1972486745_o

Isabella Figueira Fotografia

14- Com o livro de cabeceira

11148305_740248759425903_887420046_o

Isabella Figueira Fotografia

15- Princesas! <3

11147986_740248762759236_271744069_o

Isabella Figueira Fotografia

16- Mais uma princesa linda!

1499197_740248752759237_1213046520_o

Isabella Figueira Fotografia

17- Futuro jogador

11141655_740248772759235_1784135269_o

Isabella Figueira Fotografia

18- Futuro fotógrafo

11144805_740246936092752_1202498234_o

Isabella Figueira Fotografia

19- Amigo Estou aqui!

11106028_740248749425904_445863512_o

Isabella Figueira Fotografia

20- Irmãos! <3

11126674_740248769425902_901103031_o

Isabella Figueira Fotografia

Diga Chis Fotografia – Cuiabá – MT

21- Muito amor!

10958022_10200382728686188_1283502068_o(1)

Diga Chis Fotografia

22- Futuro Gamer

11001113_10200382728726189_89269147_o

Diga Chis Fotografia

23 – Newborn de gêmeos = <3

11072891_10200382728766190_633919096_o

Diga Chis Fotografia

Esse tipo de recordação está bem na moda, mas pouca gente estuda e o faz com responsabilidade, por isso fizemos uma entrevista com a Vivian para podermos tirar todos os tipos de dúvida sobre esse tipo de Ensaio.

1- O que é um ensaio newborn?

Vivian Zerbatto – Ensaio newborn é uma sessão de fotos feitas com bebês recém nascidos dormindo.

2- Onde e quando ele surgiu?

Vivian Zerbatto – A primeira pessoa que começou a fotografar recém nascidos com produções foi a fotógrafa australiana Anne Guedes, que fazia de forma publicitária, nunca os fez de forma comercial como recordação de família. Quem realmente começou a desenvolver a técnica de fotografar os bebês recém nascidos como recordação famíliar foram as irmãs Kelley Ryden e Tracy Raver, uma delas é fisioterapeuta e a outra fotógrafa e juntas, desenvolveram formas de fotografar simulando o máximo possível posições fetais.

Anne Guedes

Anne Guedes

3- Qual a idade recomendada para a realização do ensaio?

Vivian Zerbatto –  Recomenda-se que os ensaios sejam feitos entre 6 e 15 dias de vida. Alguns fotógrafos restringem ainda até 10 ou 12 dias. Mas na verdade não existe um período proibido de se fazer,  a questão é que quanto mais  “velho” o bebê fica, menos profundo é seu sono. Acima dos 12 dias o bebê pode acordar com mais facilidade,  pode perder um pouco da maleabilidade e  alguns ainda podem vir a ter algum desconforto intestinal, que acaba incomodando um pouco e dificultando a fluidez da sessão.

O que pode acontecer ao se fazer um ensaio com bebês depois dos 15 dias é ter um número restrito de produções (fotos e cenários diferentes) por conta do bebê ficar mais tempo acordado ou acordar nas transições de pose, ficando mais esperto e ligado. Para não estressar o bebê e não deixá-lo muito agitado a sessão fica limitada, porque temos que respeitar o ‘timing’ de cada bebê. Mas não existe, ao meu ver, uma limitação. Existem ensaios de bebês de 30 dias que ficam lindos também. O importante é existir uma conversa franca entre fotógrafo e mãe, explicitando as condições para que não se crie expectativas, gere ansiedade e possíveis frustrações.

4- Há estilos diferentes nesse ramo da fotografia?

Vivian Zerbatto – Eu acredito que cada fotógrafo, como um artista, desenvolve a sua linguagem, a sua forma de utilizar os cenários e props. Alguns são minimalistas, tendem mais à linguagem clássica, outros já fazem produções mais elaboradas. Eu, particularmente,  gosto dos cenários cleans e minimalistasque valorizem o bebê e suas posições. Como fotógrafa, prefiro fazer esse tipo de imagem pois são atemporais. Você olhará a foto  daqui a 50 anos e ela continuará linda e delicada.

Existe uma diferença bem pontual, que são os ensaios feitos com produções (newborn) e os  ensaio chamados lifestyle.

O ensaio lifestyle  é feito na casa da família, sem produções. O objetivo desse tipo de ensaio é mostrar a chegada do bebê e todos os sentimentos ligados à esse momento tão esperado, é o registro desse fase tão delicada. Como não tem uma série de produções o ensaio pode ser feito com bebês de qualquer idade, mas tem-se feito muito com recém nascidos, pois é um momento que passa muito rápido e as famílias tem sentido a necessidade do registro profissional para marcar a chegada do bebê ao mundo.

5- Quanto tempo, em média, dura o ensaio newborn?

Vivian Zerbatto – A duração dos ensaios de recém nascidos pode variar muito, bebês que dormem mais pesado e que não acordam com facilidade o ensaio chega a durar 2 horas, contando a hora que a mãe chega e que vai embora. Mas alguns bebês acordam durante as transições de pose, alguns demoram para mamar… o importante no ensaio newborn é respeitar o tempo do bebê, se o bebê está mamando, não temos que ter pressa ou tirar o bebê antes de estar satisfeito. É preciso deixar que esteja satisfeito e que durma profundamente. Algumas vezes o bebê demora para cair no sono profundo, e se a gente tenta começar o ensaio antes desse período, pode incomodar o bebê, prejudicando o ensaio. O recém nascido ainda não sabe dormir, por isso é  preciso ninar o bebê para ele aprender a dormir, então quando o bebê demora mais é preciso ter paciência. Existem ensaios  que podem demorar até 5 horas, o importante é não ter pressa, manter a calma, e não marcar hora para acabar.

6- O ensaio é realizado no estúdio ou na casa da família?

Vivian Zerbatto – O ensaio pode ser realizado no estúdio ou na casa da família, depende de cada profissional. Vale lembrar que no estúdio o profissional já tem estrutura e recursos para atender aos pais e bebês. Quando o profissional se dispõe a fazer o ensaio em domicílio, é preciso verificar uma série de questões, pois nem sempre é possível fazer tudo o que se faz no estúdio num ensaio em domicílio. Questões como espaço, iluminação, tomadas, paredes coloridas (que podem refletir luzes coloridas que invadem a foto) e até mesmo as visitações de familiares no dia do ensaio precisam ser verificadas para que o tudo ocorra com fluidez.

Deslocamentos são custosos e muito trabalhosos, por isso é importante conversar com o profissional e verificar essa possibilidade. Para aqueles que fazem questão que o ensaio seja feito em casa, uma opção é o lifestyle. As fotos feitas em casa podem ficar tão lindas quanto no estúdio, desde que observadas todas as recomendações e verificações do profissional.

7- Há algum tipo de risco para o bebê? O que os pais devem observar durante o ensaio? Há alguma posição perigosa?

Vivian Zerbatto – É importante que os familiares do bebê procurem um profissional especializado, perguntem sobre sua formação, pois para lidar com recém nascido é preciso ter uma conhecimento, não só em fotografia, mas em recém nascidos. Antes de ser fotógrafo é preciso saber sobre bebês, sua fisiologia, os cuidados necessários. Hoje em dia existem muitos profissionais ministrando ótimos cursos e workshops, muitos congressos e palestras voltadas ao assunto, ministrados inclusive por pediatras e enfermeiros. É realmente muito importante procurar um profissional que esteja atento à essas informações, que busque formação específica e seja preocupado com a segurança e o conforto do bebê.

Os profissionais especializados estão atentos e não colocam os bebês em risco. Sabem sobre temperatura, umidade do ar, sabem posicionar, respeitar o tempo do bebê, sabem quando uma imagem e feita com composição (montagens). Durante o ensaio é preciso observar que o bebê deve estar sempre acompanhado. Alguns fotógrafos trabalham sozinhos, outros com assistentes. Quando o fotógrafo trabalha sozinho eu acredito que ele não deve ter vergonha de solicitar a ajuda dos pais, sempre respeitando as condições em que a mãe está, uma vez que esta está em período de recuperação do parto ou da cirurgia cesárea. A recomendação é essa: Nunca deixar o bebê sozinho!

Fotos feitas em cestos ou no clássico baldinho (nas minhas sessões  essa é a preferida dos pais), o bebê nunca deve ficar sozinho, por mais que ele esteja apoiado, bebês tem espasmos, tem reflexos, mesmo dormindo. É sempre fundamental ter alguém ao lado.

É importante frisar que nem todos os bebês conseguem fazer todas as poses. O fotógrafo precisa ser sensível para perceber quando o bebê não aceita determinada pose, e explicar aos pais, possivelmente antes de fechar o ensaio, pois estes muitas vezes chegam cheios de expectativas e planos, que nem sempre podem ser concretizados.

O recém  nascido tem uma flexibilidade incrível, mas isso não quer dizer que ele pode fazer tudo, como falei cabe ao profissional perceber o limite desse bebê e não forçar. Alguns bebês conseguem ficar em algumas posições que outros não, um exemplo é a pose do sapinho, aquela em que o  bebê segura o queixo. Essa pose não é uma pose natural,  o produto final é uma montagem. A foto é feita com sobreposições de imagens, onde o assistente ou o familiar segura a cabeça do bebê para o primeiro clique e depois segura as mãos embaixo para o segundo clique. Alguns bebês não gostam e acabam acordando. Além de posicionar o bebê de forma correta, o profissional também deve saber fazer a pós produção no PhotoShop.

Em minhas sessões eu explico aos pais como a montagem é feita e muitos deles preferem não realizar a foto. Alguns fotógrafos, mesmo sabendo como a foto é feita, não fazem posições que não sejam naturais. Fica a  critério de cada profissional e de cada família.

Uma outra pose que também é feita com montagem e/ou pós produção, é quando o bebê fica de bruços apoiado sobre os braços, pois não tem estrutura muscular para sustentar o pescoço, quando o bebê está com a cabeça mais levantada, sempre deve haver um apoio, que é retirado na pós produção no PhotoShop.

Vivian Zerbatto Fotografia

Vivian Zerbatto Fotografia

Algumas fotos são feitas com sobreposições de imagem

Algumas fotos são feitas com sobreposições de imagem

8- Quais são os procedimentos utilizados pelo fotografo para acalmar os bebês?

Vivian Zerbatto – Na verdade não tem muito segredo. Para um recém nascido dormir facilmente, ele precisa se sentir seguro e confortável. Por isso simulamos o máximo possível o aconchego do útero materno. Para acalmar usamos algumas técnicas, mas nada é uma regra prescrita e nem uma garantia, cada bebê é único. Pode-se usar um simulador do som de útero, por exemplo (inclusive para as mamães acalmarem seus bebês em casa – eu utilizo o aplicativo White Noise). Dentro do corpo da mãe é uma verdadeira “barulheira”, o bebê escuta o coração batendo, o sangue fluindo e todos os barulhos externos que reverberam lá dentro. Esse som ajuda a acalmar o bebê e mascara todos os barulhos externos. Para os adultos o som pode parecer um pouco irritante no começo, mas a final do ensaio nos acostumamos e até sentimos falta. Outra técnica é andar para frente e para trás ninando o bebê e fazendo o famoso barulhinho “Shiiii”. Dentro do útero o bebê estava em constante movimento. Alguns bebês dormem logo após a mamada, outros demoram mais a dormir. Existem alguns bebês que lutam contra o sono e não dormem, ou acordam com muita facilidade. Neste caso, o ideal é reagendar o ensaio.

Mas o mais importante para a fluidez do ensaio é a tranquilidade dos pais! Bebês possuem muita sensibilidade, principalmente em relação a mãe, que libera feromônios que o bebê sente. Se a mãe está apreensiva, acha que  bebê não quer dormir, acha que não vai conseguir…  Tudo isso é sentido pelo bebê, que tem mais dificuldade em dormir. Por isso é tão importante conversar com o profissional com antecedência, se a mãe tem confiança no fotógrafo e sabe o que ele está fazendo, ela fica mais tranquila, o que ajuda na fluidez do ensaio.

A Drª Luciana Herrero, pediatra de famílias, ensina uma técnica bem interessante e que eu recomendo às mães no dia do ensaio gestante. A técnica consiste em escolher diariamente, a partir de aproximadamente 28 semanas de gestação, um momento em que a mãe esteja calma e que  possa estar completamente centrada no bebê. Então canta um trecho de uma mesma música. Nesse momento ela libera hormônios e o bebê sentirá a tranquilidade dentro do útero, irá se sentir bem, seguro e confortável. Após o nascimento, a mãe deve usar o mesmo trecho de música para acalmar o bebê, pois ele começará a associar às lembranças uterinas, à boa sensação e se acalmará.

Eu costumo recomendar também o uso do sling, por conta da teoria da extero-gestação, até os 3 meses é fundamental o uso do sling.

9 – O período de realização do ensaio é um dos mais complexos e delicados da maternidade, é o momento de adaptação das famílias e dos bebês e da consolidação da amamentação. Como o ensaio se encaixa nessa história?

Vivian Zerbatto –  É realmente um momento muito delicado, especialmente para as mães, que estão se descobrindo como mães, pois quando nasce um bebê, também nasce uma mãe. Muitas vezes o bebê ainda não aprendeu a mamar, mãe e bebê estão em adaptação. O fotógrafo precisa ter a sensibilidade de entender o que está acontecendo com a mãe, se ela está sofrendo fisicamente, muitas vezes em decorrência da cesárea e da amamentação. Algumas vezes o sofrimento é emocional, um momento de insegurança e de conflitos pessoais. É uma grande mudança na vida, sem contar as noites mal dormidas e o cansaço. Por isso é importante oferecer um espaço aconchegante, um local confortável para amamentação, mostrar segurança e respeito pelo bebê. A vontade dos pais de fazer em fazer o ensaio de recém nascido é tão grande que muitos superam todos os obstáculos!

É uma fase que passa muito depressa, com muitas adaptações e por isso é muito importante programar tudo com bastante antecedência, tirar todas as dúvidas com o profissional, deixar o contrato fechado ainda antes do parto, para poder chegar no dia do ensaio bem despreocupada, relaxar e aproveitar. Além de ser um ensaio fotográfico que vai render fotos bonitas, também precisa ser um momento prazeroso e emocionante. Se programado com antecedência o fotógrafo ajuda a amenizar a ansiedade.

Alguns pais não se sentem seguros ao sair de casa com bebê tão pequeno, por isso alguns fotógrafos disponibilizam a opção de fazer o ensaio no aconchego do lar, como falamos acima.

10- Com quanto tempo de antecedência os pais devem procurar um profissional? Como são agendados os ensaios uma vez que nascimentos são imprevisíveis?

Vivian Zerbatto- A família  que pretende fazer um ensaio newborn deve procurar um profissional especializado e que realize fotos com a linguagem ao qual se identifica e verificar todas essas possibilidades antes do parto, marcar visita no estúdio ou em domicílio, tirar todas as dúvidas, receber dicas e orientações, saber como o ensaio funciona . O ideal é manifestar interesse ao fotógrafo por volta dos 8 meses de gestação. Alguns profissionais fazem um combinado de ensaio gestante e ensaio newborn. Com as minhas clientes eu costumo combinar que a família deve me enviar um sms no dia em que o bebê nasce, para que eu possa reservar uma data dentro daquela quinzena,  quando o bebê já está em casa e está tudo bem, geralmente as famílias me telefonam para agendar a data. Eu gosto de pedir às mamães que passem com os bebês em consulta no pediatra para verificar se está tudo ok e ver se não tem nenhum tipo restrição.

O ideal é que fechem o contrato com mais ou menos um mês de antecedência da época prevista do parto, quanto mais antecedência melhor. Às vezes acontece da mãe não querer fazer o ensaio e quando o bebê nasce acaba mudando de ideia, quando o contrato é fechado em cima da hora (depois que o bebê nasce) acaba-se pulando algumas etapas, o que prejudica a própria família, pois muitas vezes o fotografo escolhido não tem agenda, ou o que tem agenda disponível a linguagem  não agrada, ou o fotógrafo está fora do orçamento. Muitas vezes o período recomendado acaba passando e então o ensaio pode não fluir como esperado.

11- O que os pais devem se atentar ao contratar um profissional?

Vivian Zerbatto- Devem ver se o profissional tem uma formação adequada se se preocupa com o a segurança e o conforto do bebê, se tem um portfólio consistente, quais são os comentários em redes sociais (de clientes reais), se as fotos que ele exibe realmente foram feitas por ele.

Conhecer o profissional e o estúdio com antecedência também é bem importante, tirar as dúvidas pessoalmente é fundamental.

É importante que a pessoa veja o estilo de diversos fotógrafos e escolha aquele qua mais combine com o gosto pessoal.

IMG_4662-2

Depois do FotoShop

Melissa-16dias-52 baixa logo 1

Antes do PhotoShop. O bebê sempre precisa de alguém ao lado e de apoio.

12- O que é o selo #newbornresponsável?

Vivian Zerbatto-  É uma campanha criada pela Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém Nascidos, que foi feita para conscientizar e alertar as famílias e profissionais sobre normas de segurança,  infelizmente há ‘profissionais’ que desconhecem normas de segurança que se deve ter ao fotografar um recém nascido.

13- Qual a formação dos profissionais que trabalham nessa área?

Vivian Zerbatto- Existem muitas parcerias que dão certo. Existem fotógrafos que só fotografam e quem posiciona o bebê é uma outra pessoa especializada (enfermeira, fisioterapeuta). Quando é o fotógrafo que posiciona o bebê ele precisa estar em formação constante, precisa buscar informações, cursos e workshops a todo momento.  Eu acho imprescindível que o profissional participe de alguns workshops presenciais. Se a pessoa possui bastante experiência prática os workshops online são muito valiosos também, eles possuem uma série de dicas bacanas.

O fotógrafo iniciante que quer posicionar o bebê não deve começar fazendo poses complexas, precisa iniciar com as poses mais simples e ir percebendo os sinais que cada bebê indica, se está confortável, se ele está bem ou não, até ele se sentir mais confiante. Uma outra forma de aprender é estagiar com outros profissionais mais experientes. O importante é ter paciência, estudar e praticar com cautela sempre respeitando o bebê.

14- Existem muitas nomenclaturas específicas na fotografia newborn. Explique um pouco sobre elas.

Vivian Zerbatto- As nomenclaturas são em inglês pois, como expliquei acima, essa modalidade nasceu em países de língua inglesa:

Props – São todos os acessórios que usamos com os bebês: cesto, baldinho, gamela, carrinho, aviãozinho, barquinho, etc. Também são chamados de props os gorrinhos, headbands (tiaras), roupinhas…

Wraps – São os “paninhos”  que os fotógrafos usam para enrolar os bebês,  essa é uma técnica muito utilizada quando o bebê tem mais dificuldade em  em dormir,  quando enrolamos o bebê ele se sente protegido, porque ele lembra de quando ficou justinho dentro do útero por 9 meses.

Blankets-  São mini cobertores que usamos para fazer composições, forrar cestos, baldinhos e as outros objetos.

Layers-  São camadas de “paninhos” que usamos para as produções ou em puffs ou em cestos.

Puppets – A  moda do momento, são bichinhos feitos de crochê combinando com o gorrinho.

15- Os profissionais da área possuem um um acervo enorme e cheios de possibilidades de composição de fotos, mas nem sempre possuem coisas específicas para um ensaio nerd. Quais dicas você daria às famílias que sonham em realizar um ensaio Geek- nerd?

Vivian Zerbatto – Se os pais querem fazer um ensaio geek-nerd precisam contactar o fotógrafo com bastante antecedência e verificar sua disposição, às vezes o profissional compra a ideia e corre atrás da produção. Uma vez eu fiz um ensaio, que não era geek, mas a mãe me mandou uma foto do quarto de marinheiro do bebê quando estávamos fechando. Como o contrato foi fechado com bastante antecedência eu consegui correr atrás de um marceneiro que fizesse um barquinho e elaborar uma produção para esse ensaio. Na época em que eu fiz esse ensaio não existia tanta variedade de props como hoje, a maior parte das coisas era importada, cara e demorava a chegar. Ultimamente tem muita gente no Brasil produzindo props lindos para fotógrafos.

É fundamental conversar bastante com o fotógrafo e ver o que pode ser feito, de repente se for uma coisa muito exclusiva e elaborada o fotógrafo pode cobrar uma taxa a mais, ou então os próprios pais podem providenciar alguma coisa. É importante lembrar que cabe ao profissional direcionar a execução, porque a ideia original talvez não seja possível por questões de segurança, ou não fique boa com a iluminação. Uma vez, por exemplo,  uma mãe pediu uma foto com um capacete que era prateado e fazer fotos de objetos reflexivos é bem complexo, necessita de um set apropriado, pois o objeto reflete tudo ao redor, inclusive o fotógrafo!

Converse com o fotografo sobre suas ideias, ouça sobre o que é possível realizar e veja se fica do seu agrado. Quanto mais planejamento, mais são as chances de sua sessão te agradar!

 

Joyce Recco

Sou uma professora feliz da Rede Pública, mãe da Alice (3) e do Arthur (3 meses). Adoro fazer listas, organizar e criar coisas. Sou apaixonada por literatura infantil, culinária, DIY e fotografia. Curto ficção Científica, gosto que aprendi com a minha Pac Mãe. Adoro Star Wars, Star Trek e fico muito chateada com a competição que o pessoal faz entre as duas franquias, coração de mãe é grande e tem espaço para todo mundo!

Últimos posts por Joyce Recco (exibir todos)

Talvez você goste de: