Snoopy – Um Filme Pra Ver Sorrindo.

snoopy01

Quando criança minhas duas paixões eram os Muppets e Snoopy. Meu cachorro era um beagle chamado Byron (como o Barão Vermelho). Talvez isso explique meu recorte emotivo pra contar sobre o filme.

“Snoopy & Charlie Brown – Peanuts, O Filme” é uma animação 3D mas sem perder o charme do 2D. A textura dos bonecos é bem suave, modernizou, mas não descaracterizou os personagens. Eles estão iguaizinhos, só mais bonitos <3

Charlie Brown tem a chance de provar que ele não é o atrapalhadão do pedaço quando chega uma criança nova na escola. Enquanto isso, Snoopy, o piloto, tem sua disputa particular com o Barão Vermelho, seu aqui-inimigo.

Peanuts foi criado em 1950 pelo cartunista Charles M. Shulz, que escreveu os personagens até 2000, quando faleceu aos 77 anos. O longa do Snoopy foi produzido pelo próprio filho de Charles, Craig Schulz, que chamou seu filho Bryan Schulz pra reforçar o time de roteiro. Ou seja, Minduim e sua turma Peanuts 1continuaram em família, o que eu acho ótimo, pois o filme manteve o clima original do Snoopy.

A história não tem grandes aventuras mirabolantes, e sim o que interessa aos fãs: o cotidiano infantil e sua inocência. Existe um pequeno Charlie Brown inseguro denro de cada um de nós e foram 90 minutos torcendo por seu sucesso. É impossível não ter o coração tocado por algum desses personagens e lembrar de nossa própria infância.

CharlieBrownPassei no filme todo sorrindo, pensando em como essa inocência infantil é sagrada e como é bom ver isso na telona, na contramão das grandes aventuras e problemáticas e etc e tal, tudo tão cansativo…. Snoopy e Charlie Brown – O Filme, é um oásis de tranquilidade. São simplesmente crianças vivendo sua vidinha deliciosa em um lugar que eu gostaria que minha filha vivesse. Um bairro tranquilo, onde se pode brincar na rua e tocar a campainha do vizinho.

Mesmo as músicas originais de Meghan Trainor, mais “moderninhas”, não destoam do filme. Uma delas é muito fofa, sobre aprender a dançar, é a trilha da cena onde Charlie Brown tenta ser o melhor dançarino da festa e tenta encontrar confiança em seus passos.

Foi incrível rever os clássicos. Até Joe Cool apareceu! Lucy com sua banquinha de terapia (The Doctor Is In!), Schroeder tocando Beethoven (<3), o Barão Vermelho, Linus agarrado em seu cobertorzinho… Esse fim de semana vou ao cinema ver o Snoopy mais uma vez, agoracom a minha filha, pra passar o bastão de mais um amor meu.

snoopy (1)

 

biasiqueira7

Produtora que gosta de cinema, música, quadrinhos, games, livros, esportes e tudo o mais. O negócio é que quando ela gosta de alguma coisa, gosta de verdade! Passa os dias tentando arrumar tempo pra treinar arco e flecha e se manter atualizada nas 765 séries que assiste. Mãe da Alice (8) uma menina criativa, que ama ouvir histórias.

Talvez você goste de: